Manaus, 25 de fevereiro de 2024

Na Banda da Bica com Mazé Mourão

Compartilhe nas redes:

Idalina, como muitos já sabem, é uma amazonense auto exilada em Copacabana, no Rio de Janeiro. O que poucos sabem é que Idalina é uma foliona de primeira. Ela adora Carnaval.

Desde de sua última intervenção cirúrgica para fazer um “lifting facial”, espalha por aí que tem somente sessenta anos. Não pode ser verdade. Idalina é uma das fundadoras da Banda de Ipanema. O famoso bloco carioca saiu pela primeira vez em 1965! Idalina já era uma jovem adulta e estava no Rio em férias. Naquele ano a Cidade Maravilhosa era uma festa só! Festejava-se o Quarto Centenário  da cidade.

Portanto, quem fundou a Banda de Ipanema não pode ter só sessenta. Mas não se discute idade de senhoras. A Banda de Ipanema é um dos mais conhecidos blocos de Carnaval do Rio. O bloco desfila no bairro que lhe dá nome,  Ipanema, Zona Sul do Rio. A saída é na Praça General Osório no sábado, duas semanas antes do Carnaval. O bloco saí também no sábado e na Terça-Feira de Carnaval.

Aqui em Manaus temos a Banda da BICA. Umas das bandas mais tradicionais do Carnaval de Manaus, a Banda da Bica, terá como tema, neste ano de 2024, ‘A Bica cresceu, virou Patrimônio Cultural e vai zoar no Carnaval’. Famosa por suas marchinhas sempre com fortes críticas à política amazonense e pautas polêmicas, A ‘Banda da Bica 2024′ está marcada para o dia 3 de fevereiro na Avenida 10 de Julho, Centro.

Idalina, por razões óbvias, sempre passou o Carnaval no Rio. Quando soube que Mazé Mourão seria a Rainha da Banda da Bica de 2024 resolveu que viria para Manaus. Como a Banda de Ipanema sai duas semanas antes e a Bica é no Sábado Magro, dá para participar dos dois eventos.

Idalina é fã da Mazé desde o tempo em que era cronista de A Crítica. O jornal perdeu muito com a saída dela. Mazé Mourão é como se fosse a nossa Danuza Leão. Charme, inteligência e sofisticação. Danuza personificava o “savoir-faire” carioca. Mazé Mourão é tão estilosa quanto.  Ambas sempre esbanjaram charme e competência, inclusive como escritoras. Claro que Danuza era invejada tanto quanto a Mazé. Como dizia Ibrahim Sued: “os cães ladram e a caravana passa”

De passagem comprada, Idalina ficará hospedada num famoso “hotel boutique” nos arredores do Largo São Sebastião. Ela está ansiosa. Depois de anos de frustrados planejamentos, irá conhecer finalmente o Carnaval de Manaus.

Apesar dos preços das passagens aéreas estarem abusivos, Idalina realmente virá. Afinal, como ela disse, estará na BICA com Mazé Mourão.

Compartilhe nas redes:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COLUNISTAS

COLABORADORES

Abrahim Baze

Alírio Marques