Sobre o Blog

A ideia deste informativo surgiu quando conversava um dia ao telefone com o poeta Elson Farias. Há tempos, eu e meu erudito conterrâneo construímos o hábito de jogar conversa fora. Dia sim, dia não, compartilhamos dicas de política, história, cultura e ainda resvalamos para os assuntos pertinentes à Itacoatiara. Se de há muito a elegi como tema central da minha atividade literária, procuro estar sempre ligado, conectado com ela. Então, por que não fazer um blog?

Assim é que, ante a expectativa de se criar um veículo de prestação de serviços, um cantoneiro da Cultura do Amazonas e especialmente da velha Serpa, surgiu este canal de “conversa” por escrito. Interativo, noticioso e ao mesmo tempo analítico, está aberto a qualquer público. Tal qual uma Inúbia, designação poética do Membitarará, instrumento musical e de comunicação utilizado pelos índios tupis-guaranis que habitavam a região do Rio Madeira, onde, no final do século 17, foi fundado o núcleo urbano que deu origem à Itacoatiara, este blog é um espaço adequado para cantar e divulgar a trajetória, os costumes e as tradições da nossa terra. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate dos problemas locais e regionais. Como sugerido no subtítulo, vai da história às cantigas; da ciência às artes; temas gerais em prosa e verso.

Além dos sites de quaisquer interessados, convoco a caminhar conosco as redes sociais, isto é, todo e qualquer grupo de pessoas ou entidades associadas com o intuito de compartilhar ideias, dados e informações sobre assuntos de interesse comum, e de promover o diálogo sobre tais questões.

De minha parte, serão posts diários, artigos e notas com dicas para estabelecer uma troca de ideias e incentivar a interação. Estimaria que me questionassem quando estiver discorrendo sobre um fato ou tema específico, homenageando uma personalidade do passado ou um vulto popular, descrevendo um causo, um acidente geográfico ou um acontecimento meramente urbano ou rural. Qualquer que seja o assunto, o razoável é que sua intervenção seja imediata. Proponha emendas aos textos, corrija-os, atualize-os e os enriqueça com novos dados bibliográficos; discorra sobre a rua onde você nasceu; fale de sua família e daquele parente que se destacou honrando Itacoatiara; descreva a sua chegada à cidade (se não for nativo dela); envie-me dados e imagens de pessoas ilustres, fotos e mapas do seu bairro, de acidentes geográficos e de locais históricos da cidade e do interior, identificando-os. Enfim, abra a imaginação e dê voz ao seu coração contribuindo para que este blog desde logo se torne um instrumento alternativo para mobilização do público itacoatiarense. Sua participação é importantíssima. Por favor, interaja comigo.

Acesse www.franciscogomesdasilva.com.br ou e-mail: franciscogomes.hist@hotmail.com